Peixe Urbano – consolidação e novos serviços em compras coletivas

A novidade das compras coletivas se foi. O número de sites e empresas no segmento cresceu de forma exponencial e dividiu um mesmo consumidor – agora é tempo de consolidação e diferenciação, e sites pioneiros, como o Peixe Urbano, já saíram evidentemente na dianteira. Com a entrada do Peixe Urbano Delivery e alguns novos serviços e a aquisição de concorrentes e empresas correlatas, o site segue em crescimento enquanto o mercado de compras coletivas passa por reformulação.

A Startupeando ouviu Leticia Leite, diretora de comunicação do Peixe Urbano, sobre essa tendência de ajuste no mercado e planos e projetos da empresa para se manter na liderança.

[fresh_divider style=”dashed”]

Startupeando – O segmento de compras coletivas este ano triplicou em número de sites em relação ao final de 2011 e muitos sites regionais limitaram a possibilidade de expansão geográfica de alguns dos pioneiros e sites maiores.  Como o Peixe Urbano atuou para manter sua posição de liderança e crescimento nesse mercado?

Leticia Leite – Em 2011, observamos um auge no número de sites de compras coletivas em funcionamento, com mais de dois mil sites, de diferentes portes, em atuação no Brasil. Na sequência, o mercado passou por uma inevitável e contínua consolidação e redução no número de players. O crescimento se concentrou nos maiores sites, aqueles com robusta estrutura e capilaridade. Desde o início, nós apostamos em nossa estrutura, em nossa equipe e no alto padrão de qualidade e confiabilidade para manter a nossa liderança no mercado.

[fresh_divider style=”dashed”]

Startupeando – O social commerce cresce, assim como os sites de cupons de desconto e outras modalidades derivadas ou análogas às compras coletivas – além do Peixe Urbano Delivery, há outras inovações ou planos a caminho?

L.L. – No começo do ano, adquirimos o Peixe Urbano Delivery (originalmente chamado de O Entregador) e também o Zuppa (site de reservas online), por se encaixarem dentro da nossa missão de ajudar as pessoas a explorarem o que há melhor em cada cidade. No momento, estamos focados na expansão destes novos serviços, mas continuamos investindo em inovação e atentos a novas ferramentas que se encaixem nessa missão e que possam agregar ainda mais valor aos nossos usuários e parceiros. Queremos ser uma plataforma completa onde as pessoas possam ir para decidir o que fazer na cidade e que as empresas locais possam utilizar para crescer e desenvolver os seus negócios.

[fresh_divider style=”dashed”]

Startupeando – Muitas empresas online na área de e-commerce e afins, a exemplo da Amazon e do Buscapé, diversificam após sua consolidação no mercado. Vocês acham que chegou esse momento para o Peixe Urbano?

L.L. – O mercado de comércio eletrônico local, dentro do qual decidimos atuar desde a criação do site, é ainda é muito pouco explorado e um dos mercados de mais rápido crescimento no Brasil e no mundo. Ao lançar o Peixe Urbano, o nosso primeiro produto foi compras coletivas, entretanto esta é apenas uma das muitas ferramentas que pode ajudar os nossos usuários a explorarem as suas cidades e que pode ajudar os nossos parceiros a conquistarem e a fidelizarem novos clientes. Estamos trabalhando, desde o início do ano, na expansão para novos segmentos, conforme a nossa visão desde o princípio. Estamos ainda no começo de tudo que queremos fazer!

O Peixe Urbano em Números

[fresh_divider style=”dashed”]

[fresh_divider style=”dashed”]



Comentários fechados.