LEIA MAIS
Por que paramos de falar em startups?

Quem lia nosso blog deve ter reparado (ou não lia): não escrevemos nada faz pelo menos 6 meses. Claro, mantivemos algumas postagens em redes sociais, mas o fato é que […]

Devo criar minha empresa no Brasil ou no exterior?

Muitos empreendedores jovens, alguns ainda vivendo com os pais, têm feito repetidamente a si mesmos e a colegas, amigos e conselheiros essa mesma pergunta: “devo abrir minha empresa aqui ou […]

Por que o disruptivo sobreviverá à crise?

Já nos acostumamos ao termo na área de startups e empreendedorismo: disruptivo. Grosso modo, a chamada inovação disruptiva, que vem sendo comemorada há alguns anos, é o ato de romper […]

Odeie a Bel Pesce – agora é ‘hype’

Até uma semana e pouco atrás, todos os exultantes e fascinados “empreendedores” por profissão no mercado online e nas redes sociais adoravam e idolatravam a Menina do Vale. Não importa se tudo o que ela tinha a dizer era autoajuda da mais piegas ou insights geniais de um brasileiro que ganhou notoriedade no exterior – todos beijavam o chão que ela pisava, sem questionar uma vírgula.

Agora, anos depois, ela resolveu pedir dinheiro – a bagatela de R$ 200 mil – para montar um restaurante da moda. Pronto… tudo foi abaixo. A legião de revoltados “formadores de opinião” caiu matando e, desesperados, aqueles que ontem queriam casar com Bel Pesce, trabalhar de graça para Bel Pesce, ou pagar R$ 3 mil para ouvir palavras de reconforto e mensagens de sucesso de Bel Pesce agora querem que ela pegue fogo.

A falta de equilíbrio da onda atual de ódio com foco na figura da Menina do Vale apenas se equipara ao fascínio desmedido anterior em relação à história e mensagens da autora. Contudo, e embora como eu digo no título, “Odiar a Bel Pesce seja ‘hype'”, peço que você reconsidere. Por quê? Bem, se a Bel Pesce e seus associados são as figuras de imenso mau caráter que estão pintando agora, isso leva a apenas uma de duas hipóteses:

Você tem sido otário por 3 ou 4 anos

Sim. Agora que você descobriu que, na verdade, Bel Pesce é uma empresária como você “gostaria de ser”, e está criando negócios nos quais possa lucrar e aproveitar-se das oportunidades de mercado, você sente ódio. Como você está longe de ser comunista e até ontem achava ótimo alguém cobrar R$ 3 mil para dar “aulas” de empreendedorismo, você provavelmente tem agido como otário faz alguns anos.

Bel Pesce passou para você, mas logo você encontrará outro ídolo para lhe fazer de otário, não se preocupe. Talvez esse novo guru não peça dinheiro para montar uma hamburgueria, mas muito provavelmente venderá e-books ou videoaulas a preço de ouro – e você pagará feliz e sorridente.

Ser celebridade é modelo de negócio

E esqueça do restante do maravilhoso mercado de startups e empreendedorismo – ele só funciona para gente descolada. Se você não se “veste legal’, “fala legal” e decorou todo tipo de bordões que estão em alta, sua ideia pode salvar a humanidade – ela não receberá um tostão.

Não podemos esquecer de que no pouco tempo em que a hamburgueria de Bel e seus amigos permaneceu em crowdfunding, milhares de reais foram levantados. Tem gente que não se importa de pagar a ela – sim, porque ela é celebridade. Agora vem a pergunta: e daí?

Explico: alguém se importa com aquela meia dúzia de startups que levaram grana de investidores, mesmo não tendo qualquer perspectiva de dar lucro? Alguém está se importando com as centenas de reais que são gastos em eventos de startups que sempre têm as mesmas pessoas e os mesmos temas?

Agora veja bem – se você quiser “odiar” a Bel Pesce ou qualquer outra microcelebridade do empreendedorismo, esteja à vontade: mas tente fazê-lo pelos motivos certos.

 



32 Comentários

  1. A própria bel pesce indico a leitura deste blog/site então tem muitos leitores que descobriram este blog por indicação dela no livro a menina do vale pag52 e ainda fazem uma postagem falando desta forma rs, independente de ter aumentado ou não os feitos dela ela já é uma empreendedora e de qualquer forma ela e muito inteligente para ter ingando pessoas grandes.
    E poder ter falado com grandes empresários como Flavio Augusto , Jorge Paulo lemann.
    não precisa acredita no que ela diz apenas observe oque ela faz.

  2. Jefferson says:

    O autor ignorou completamente a existência de pelo menos uma terceira hipótese:

    3)Uma grande parcela dos 90% da população que nem sabia quem era Bel Pesce descobriu quem era ela justamente por causa da viralização da polêmica e, ainda bem, não gostou nada nada do que aprendeu.

    Na verdade estou me esforçando para encontrar uma salvação para o texto.

  3. Danilo Queiroz says:

    Que texto ridículo! Argumentação tosca e superficial.

  4. MURILO ASSIS DOS SANTOS says:

    Pessoal, fui às palestras, comprei os livros e contribui para o crownfunding da Bel Pesce, quero replicando seus sábios ensinamentos através de uma “Start-up eando”.

    Mesmo a Bel Pesce ensinar empreendedorismo sem nunca ter emprendeendido porra nenhuma, creio que mesmo eu sendo virgem sexualmente falando vou lançar um livro ensinando posições sexuais que suplantará o Kama Sutra.

    Para tal empreitada precisarei de $ 200 K que serão obtidos via crownfunding..os primeiros 1.000 doadores ganharão de brinde uma linda assinatura no meu livro.

  5. Edson Martins Magalhães da Silveira says:

    Quais seriam os motivos certos? Falar que fez coisas que não fez é o mesmo que o Maluf sempre fez…

    Dei uma passeada pelo site dessa moça e confesso que é um bem feitinho site do WIX e mais nada.

    Não me decepcionei….apenas confirmei o que eu sempre achava estranho…

    NINGUÉM …..repito: NINGUÉM pede demissão do Google…..é demitido…aplica-se o mesmo raciocínio a atores da Rede Globo (você vira ex-global quando é MANDADO EMBORA), ap JP MORGAN (quem sai de lá pra ir trabalhar no Bradesco), ao Congresso Nacional (deputado só sai por cassação ou por não conseguir se reeleger)… eu poderia dar uma LISTA COMPLETA de ambientes “à prova de demissionários” mas acho que os exemplos dados ilustram minha percepção,,… Os inúmeros diplomas são impossíveis de se obter com menos de 30 anos..(ela deve ser uma versão do Gabriel Chalita de saias, aliás, a versão do Gabriel Chalita de calças…KKK)

  6. Marcelo says:

    Ela sequer tem curso superior completo, porém afirma ter 5 diplomas. O nome do curso é Eng. elétrica e ciencia da computacao, ela usa isso como dupla formação, mesmo tendo abandonado o MIT antes da graduação! Hahaha…que ridículo!
    Agora ela tem que escrever o livro: 171 do Vale
    Fora isso, ela também não fundou a Leman. “Nao queria o dinheiro!” Hahahaha…sério isso? -Nao quero o dinheiro, galera, deixo a minha parte para outro fundador!
    Carlos Matos, indignado pq foi enganado por ela? Vc deveria estar cobrando explicações!
    Quero ver essa menina na fogueira! Ela teve coragem de falar tudo isso, nao teve? Pois bem, assumiu o risco e agora que sofra o impacto!

  7. Vanessa Apprentice says:

    Diante de tanto ódio expressado na internet, muitíssimas acusações já foram feitas a Bel, me pergunto: Há provas convictas ou será uma legião de marionetes no Ctrl + C e Ctrl + V??? Não estou saindo em defesa dela não, o que me incomoda é deparar com uma enxurrada de comentários maléficos a respeito de uma pessoa que até algumas semanas atrás era venerada por grande parte desses alienados que hoje a odeiam!! Pode ser verdade? Sim, mas primeiro deixem ela apresentar as provas de que tudo que ela fez até o momento é verídico.
    Direito a ampla defesa

  8. raphael says:

    HONEST burguer

  9. Raul says:

    Bel Pesce está para MIT assim como Raul Seixas foi para o EUA e gravou fez uma canção com John Lenon.

  10. “Não importa se tudo o que ela tinha a dizer era autoajuda da mais piegas ou insights geniais de um brasileiro que ganhou notoriedade no exterior – TODOS beijavam o chão que ela pisava, sem questionar uma vírgula.”

    TODOS é muita gente meu querido.

  11. Lorram says:

    Cara, o pior texto que li sobre isso até o momento. Parece que você é parente dela..

  12. Mike Allan says:

    Sensacional o texto! Apoio cada palavra, parabéns 🙂

  13. Damian Rekcah says:

    Essa mulher é uma mentirosa farsante. Ninguém ta nem ai pra essa hamburgueria disruptiva piegas de mau gosto que ela tentou fazer. O povo quer ver ela queimada na fogueira da opinião publica por ser uma farsa mentirosa.

  14. Sebastiao Luiz says:

    A unica coisa que posso dizer é: eu tenho uma grande sacada.

  15. Hoje tenho 20 anos que trabalho com internet e sou Bacharel e ainda sou humilde de declarar que sei nada, já a Bel Pesce é uma patricinha que pode estudar nos EUA, Blá,Blá Blá….

  16. sueli says:

    Eu nunca gostei do modelo de negócio dela, não acredito em milagres. Uma pessoa tão jovem não pode ter tanta experiência, experiência se adquire com o tempo. Sempre achei arrogante o jeitinho disfarçado de boa moça, pra mim excesso de otimismo é mentira ou bipolaridade. Bjs de luz.

  17. Clóvis says:

    O problema é que não foi a lanchonete que ela queria abrir. O problema é que ela alegou que formou em 4 cursos no MIT, trabalhou no Google, Microsoft e fundou algumas empresas(ou teve participação). Só que ela inflou tudo isso. Os quatro cursos foram majors em minors no MIT. Trabalhar nessas empresas se resumiram a estágios de alguns meses. E essas empresas que ela diz que fundou não existem mais, e não mencionam ela. Até mesmo os estágios que ela fez não mencionam ela. Então fica difícil engolir a história do prodígio do vale do silício. Não tiro o mérito dela de entrar no MIT com bolsa, o que já é algo difícil pra caralho. Nisso ela tem muito mérito. Mas ela não é tudo isso não. Fonte: pesquisa do Izzy Nobre medium.com/@izzynobre_24233/bel-pesce-e-o-empreendedorismo-de-palco-porque-a-menina-do-vale-não-vale-tanto-assim-da9e0c917844#.nt1ok5aun

  18. g says:

    cara, o grande problema é fingir o que nao se é, acho que a grande cisma do povo vem disso saca?

  19. Ricardo says:

    Texto raso, não informativo. Usando o hype de falar da tal Menina do Vale para receber uns clicks. Um post inteiro para chamar pessoas que acreditaram na lorota dela de otários.

    Por favor, menos!

  20. Ândres says:

    O financiamento coletivo foi meio bizarro, mas nenhum vacilo monstro a ponto de tirar muito crédito da pessoa dela.
    O problema foram os textos que apareceram depois desmascarando questões do histórico empreendedor dela (em especial o texto do Izzy Nobre), mostrando que praticamente nada do que ela vendeu de si própria era da forma como ela contava. Ficou mais do que claro que ela é uma farsante, uma pessoas que ganha dinheiro ensinando pessoas à empreenderem, sendo que nunca foi uma empreendedora de sucesso em nada que não fosse ensinar pessoas a empreenderem.

  21. Já falava isto quando ela surgiu, mas as pessoas são volúveis e querem respostas mágicas, o que não existe. O próximo a mostrar seu canalhismo e o Erico Rocha, apenas aguardem.

  22. Bruno says:

    Eu sempre a odiei por “maquiar” as coisas em prol de si mesma (do nada).

    Exemplo: Fez estágio de 3 meses no Google e Microsoft (coisa relativamente comum) ai ela fala como se fosse o trabalho mais importante do Google e que era algo realmente difícil de se conseguir.

    Se ela fosse tão boa assim seria dona de uma baita empresa, mas ela só tem negócios que promovem a si mesma fazendo a coisa mais fácil do mundo: dizer o que fazer. Todo mundo sabe o que precisa fazer pra ter sucesso e ser rico, difícil é dar certo pra todo mundo e realmente conseguir fazer.

  23. Carlos Oyola says:

    Bastardo, concordo com você!
    Você é isso mesmo.

  24. Pedro Santos says:

    Dos piores artigos que li sobre isto. Tanta raivazinha acumulada num só texto. Calma, as tuas brincadeiras com startups não têm resultado mas… continua a tentar, tenta é fazê-lo com mais paixão e menos ódio, só assim irás perceber pq ela conseguiu e tu não!

  25. Bastardo 2 says:

    Vou ter que repetir o que o “Bastardo” disse:

    Cara, que pira.

    Ela enganou pessoas. Dizendo claramente que fez coisas que nunca fez.

    Isso é mentir.
    Se você aceita um empregado que mente que fez algo, mas não fez. Você é idiota!

  26. Bastardo says:

    Se ela nunca tivesse dito que tinha feito o que não fez. OK
    Ninguém iria dizer nada.

    Mas ela disse, e quero ver você contratar alguém mentindo pra você.

    Passe a mão na cabecinha dela, ela só é empresária QUE MENTE.

    Tirando isso ela fez tudo certo

    • Carlos Matos says:

      Como eu disse – odeie-a, mas pelos motivos certos – não por causa do financiamento do sandú.

  27. Bastardo says:

    Cara, que pira.

    Ela enganou pessoas. Dizendo claramente que fez coisas que nunca fez.

    Isso é mentir.
    Se você aceita um empregado que mente que fez algo, mas não fez. Você é idiota!