LEIA MAIS
Por que paramos de falar em startups?

Quem lia nosso blog deve ter reparado (ou não lia): não escrevemos nada faz pelo menos 6 meses. Claro, mantivemos algumas postagens em redes sociais, mas o fato é que […]

Odeie a Bel Pesce – agora é ‘hype’

Até uma semana e pouco atrás, todos os exultantes e fascinados “empreendedores” por profissão no mercado online e nas redes sociais adoravam e idolatravam a Menina do Vale. Não importa […]

Devo criar minha empresa no Brasil ou no exterior?

Muitos empreendedores jovens, alguns ainda vivendo com os pais, têm feito repetidamente a si mesmos e a colegas, amigos e conselheiros essa mesma pergunta: “devo abrir minha empresa aqui ou […]

Meliuz – da captação ao empreendedorismo

A grande maioria das startups dá seus primeiros passos com o impulso empreendedor, para posteriormente buscar clientes, captar recursos e aprimorar conceitos e paradigmas. Com a Meliuz, o caminho foi um pouco diferente, como contou o CEO e fundador Israel Salmen à Startupeando.

“Ainda na faculdade, fundei uma gestora de investimentos junto com outros sócios, e durante três anos operamos captando recursos de investidores em Belo Horizonte e em São Paulo. Inclusive, foi através dessa gestora que captamos recursos de um investidor anjo para iniciar o Meliuz. Logo em seguida vendemos a gestora para nos dedicar integralmente à startup”, conta o empresário.

[fresh_divider style=”dashed”]

Validação na própria pele

O sistema do Meliuz é bastante simples na verdade. Com base em programas de afiliados diversos, já existentes, a Meliuz permite ao usuário se cadastrar em uma única plataforma, na qual usufrui de descontos em suas compras em lojas das mais variadas, na forma de retorno em dinheiro, a cada compra realizada, ou mesmo no caso de indicações (a cada amigo registrado no sistema, o usuário passa a ganhar uma fração no valor adquirido por seus indicados nas lojas parceiras).

O próprio Israel diz que, havendo participado de diversos outros programas de afiliados online, nunca se sentiu satisfeito, e acabou baseando o Meliuz em algumas falhas nos sistemas rivais:

  • Dificuldades no acúmulo de pontos ou valores;
  • Baixo valor real de comissões ou pontuação;
  • Burocracia na troca por prêmios, produtos ou resgate em dinheiro;
  • Curta data de expiração de benefícios e longa data para confirmação de valores.
[fresh_divider style=”dashed”]
O Chile é só o começo

A Meliuz participou recentemente do programa Startup Chile. O programa de aceleração abriu os olhos e novos mercados para a empresa, que já pensa em seus primeiros passos fora do Brasil. “Isso nos abriu várias portas em toda a América Latina e ,por isso, ainda esse ano, iniciaremos atividades no México, Chile, Argentina e Colômbia”, comenta Israel. Num primeiro momento, entretanto, o foco é consolidar o novo sistema no Brasil, ampliando não apenas o número de usuários, mas também de parceiros.

[fresh_divider style=”dashed”]



Um comentário

  1. Otima materia, bem esclarecedora sobre a tematica de cupons de descontos. eu recomendo o site da 1001 Cupom de descontos http://www.1001cupomdedesconto… , onde se pode encontrar cupons de quase tudo. Tem produtos de informaticas, eletrodomesticos, moda, technologia, pets um pouco de tudo. Parabens pelo post, otima dica sem duvida tem um cupom de desconto para cada segmento de negocios.