LEIA MAIS
Por que paramos de falar em startups?

Quem lia nosso blog deve ter reparado (ou não lia): não escrevemos nada faz pelo menos 6 meses. Claro, mantivemos algumas postagens em redes sociais, mas o fato é que […]

Odeie a Bel Pesce – agora é ‘hype’

Até uma semana e pouco atrás, todos os exultantes e fascinados “empreendedores” por profissão no mercado online e nas redes sociais adoravam e idolatravam a Menina do Vale. Não importa […]

Devo criar minha empresa no Brasil ou no exterior?

Muitos empreendedores jovens, alguns ainda vivendo com os pais, têm feito repetidamente a si mesmos e a colegas, amigos e conselheiros essa mesma pergunta: “devo abrir minha empresa aqui ou […]

Guia rápido para criar produtos que ninguém quer

Todos os dias vemos novos produtos que absolutamente ninguém quer, ou precisa, chegarem ao mercado. Não façam pouco desses inúmeros itens – por incrível que possa parecer, eles tomaram tempo de seus criadores e idealizadores e foram desenvolvidos com a imensa dedicação daqueles que fazem exatamente o que lhes vêm à telha. A Startupeando, em homenagem a esses designers, criou um guia rápido para a criação de produtos que ninguém deseja… infalível.

Sem essa de pesquisa

Pesquisa é coisa para ratos de universidade e quem tem tempo. Esqueça toda e qualquer pesquisa ou verificação – simplesmente junte todas as suas pressuposições, coloque num pedaço de papel e siga adiante. O céu é o limite e pesquisar leva tempo. O melhor é trabalhar incontáveis horas a fio – depois você vê se a coisa dá ou não certo.

nerd

Bata o pé

Se algum de seus sócios ou colaboradores discordar de algum ponto de vista em relação ao produto – fique “de mal” e seja teimoso. Se eles não compartilham a mesma visão que você tem, é mais fácil trocar de sócio ou contratar um novo profissional do que modificar o produto. Afinal de contas, a ideia foi sua e, por isso mesmo, não tem erro.

eng_pl_FAIRYTALE-tilting-doll-w-bell-sound-PL6641-7822_1

Protótipo?

É um saco ter de prototipar e construir modelos de um produto que você já sabe como tem que ser, certo? Então não perca seu tempo e dinheiro construindo modelos e realizando experimentos, vá direto ao ponto final. Desenhe o produto, construa a versão final e jogue no mercado – afinal de contas, o público está ávido para ter produtos que não têm qualquer relação com o cotidiano deles nas prateleiras.

590926-2

Não ouça e não veja

Você construiu o produto do jeitinho que você queria, botou no mercado e o sujeito comprou. Agora ele quer reclamar? Passe por cima disso e deixe ele falando sozinho. Afinal de contas, ele já pagou pelo seu produto e você já meteu a grana no bolso, então para quê perder mais tempo?

deafears

Grana fácil

Você foi abordado por um grupo de investidores que acreditam em seu produto, mas estão sugerindo algumas modificações para torná-lo mais atraente para o usuário e para o mercado. Mande-os pastar. Se eles não têm maturidade suficiente para enxergar a genialidade do seu produto, o melhor é buscar investidores que uma visão mais apurada – afinal de contas, conseguir dinheiro e investimento no mercado, nos dias de hoje, é moleza: basta preencher um ou dois formulários do Canvas e partir “pras cabeça”.

easymoney

Design é coisa de frutinha

Perder tempo criando um design mais atraente e uma boa usabilidade para seu produto é perfumaria. Importante mesmo é que ele cumpra a ideia que você tinha na cabeça lá atrás. Se o produto é bonito ou feio, o consumidor não está muito interessado. Afinal de contas, a Apple até hoje somente deu sorte.

Coloque tudo

Não perca seu tempo escolhendo os features que você deve ou não incluir em seu produto. Esse lance de “MVP” é coisa de gente metida a moderna e o público quer mesmo é tudo junto ao mesmo tempo. Ignore completamente chavões do segmento como “menos é mais” e crie verdadeiros canivetes-suíços online em suas aplicações.

 



Um comentário

  1. Alcir B Quadros Brito says:

    Durante alguns anos possuí uma tira no Jornal Correio do Sul de Bagé denominada “Britas do Brito” onde de forma sinótica expressava meu pensares sobre a Ciência e a Tecnologia.Gostei e elegí teus comentários como os melhores que já lí na web.Meus Parabéns! Dariações Urcamp onde pesquisei e lecionei durante 28 anos me aposentei por idade.Com quase duas mil criações não estou pretendendo levá-las no meu ataúde mas, licenciá-las se esta for a vontade do Cósmico.