LEIA MAIS
13 verdades que você não queria ouvir sobre sua startup

O ser humano é excelente em “dar feedbacks”, quanto a recebê-los, sem problemas – desde que sejam positivos. Já manifestei anteriormente meu descontentamento em relação a eventos, rodadas e esferas […]

O fim dos textos sem-pé-nem-cabeça, ou “SEOld”

Os ditames que norteiam o mundo à parte do Search Engine Optimization (SEO) sofreram consideráveis alterações ao longo do ano que passou. Para os “realmente” profissionais dessa área, as mudanças […]

Adiando seu profissional de mídias sociais

Quando você cria uma startup, principalmente se estiver praticamente duro e em busca de financiamento, um conceito da economia é primordial em todas as suas decisões: o chamado custo de […]

Beonpop – a métrica da popularidade

Muitos aqui estão familiarizados ao americano Klout – embora essa startup tenha sofrido diversos pivôs até chegar ao modelo atual (no qual parecem haver acertado a mão) é inegável que ela gerou um grande buzz na comunidade internacional de social media. Inicialmente concebido como um complexo algoritmo que retornava o índice de popularidade de pessoas e marcas com base em seus perfis nas redes, o Klout acabou migrando para um modelo híbrido, no qual também permite que se crie e compartilhe conteúdo por meio de sua plataforma. O índice, contudo, foi mantido.

Enquanto isso, no Brasil, uma startup acelerada no Rio Grande do Sul, a Beonpop, parece querer trilhar os passos do Klout no mercado brasileiro (e quem sabe lá fora). A Beonpop é um projeto incubado na aceleradora Ventiur, que aliás foi escolhida como uma das aceleradoras da atual rodada do programa Startup Brasil. Falamos com Dario Ruschel, COO da Ventiur e um dos que acompanhou de perto o projeto da Beonpop, para entender um pouco mais sobre os planos dessa startup.

Faturamento como prioridade

Além da tradicional tração e ganho de usuários, os planos da Beonpop não deixam de lado o faturamento. O modelo? Também a exemplo do Klout, essa startup brasileira pretende faturar alto com parcerias. A geração de receita é prioridade, como comenta Dario.

“Nossa projeção de faturamento para o ano de 2014 é de R$ 1,2 milhão e para 2015 R$ 4, 2 milhões, através das empresas parceiras”.

A versão oficial já conta com quatro meses no ar, e o número de usuários saltou de 4 mil para cerca de 70 mil, segundo o executivo.

Passo a passo

É claro que em termos de análise de popularidade – objetivo maior da plataforma – a Beonpop começou com a integração ao Facebook. Testamos: a atribuição de pontuação e elaboração dos rankings é interessante e parece estar construída sobre um sólido e complexo algoritmo. Em outras palavras – não é balela, funciona. Porém, somente com o Facebook a plataforma não faria muito sentido, mas Dario tranquiliza os usuários: “estamos trabalhando forte para lançar integração com as principais redes sociais: Twitter e Instagram ainda para o primeiro semestre, junto com o app mobile”.

responsive



Um comentário

  1. Samantha says:

    Eu uso a ferramenta e gosto bastante.