LEIA MAIS
Por que paramos de falar em startups?

Quem lia nosso blog deve ter reparado (ou não lia): não escrevemos nada faz pelo menos 6 meses. Claro, mantivemos algumas postagens em redes sociais, mas o fato é que […]

Pronto! Já pode desligar o módulo empreendedor!

Estranho um título como esse em um blog sobre empreendedorismo, startups e afins, não é mesmo? A verdade é que faz todo o sentido. Não irei perder meu tempo realizando […]

Limite de uso na banda larga – o que muda para startups?

Tudo indica que não vai ter jeito – a internet de banda larga será pedagiada, assim como ocorreu com as conexões de 3G e 4G. Teoricamente respaldadas por regras da […]

5 maneiras de parecer um idiota durante um pitch

A popularização dos eventos de startups e do tema em universidades e escolas fez com que muitos colocassem suas ideias no papel, dispostos a apresentá-las para um seleto grupo de investidores que frequenta essa ocasiões, em rodadas de apresentações que são conhecidas como ‘pitch’. Nessas rodadas, criadores de startups possuem geralmente alguns minutos para expor suas ideias, enquanto uma banca de jurados, que envolve investidores, especialistas e outros startupeiros, avalia projetos.

Muitos desses pitches são excelentes, mas a maioria deles ainda tropeça na hora H. Os problemas são muitos, mas se você quer parecer um completo idiota na hora de apresentar sua empresa, bolamos uma cartilha com 5 métodos infalíveis de fazê-lo.

Lazy-People

Não realize ensaios

Você terá 3 minutos para falar e mostrar sua apresentação. Fez alguns slides em Powerpoint e está confiante, pois na faculdade você sempre fala pelo grupo. Treinar para quê? Você é popular e manja tudo sobre falar em público, então é só ir lá na frente e dar seu show.

O grande problema, com o qual empreendedores que adoram parecer idiotas não contam, não é a questão de “ultrapassar” os três minutos, mas sim a de não utilizá-los. Uma forma genial de parecer um imbecil é simplesmente não realizar ensaios – chegue lá no palco e fale o mais rápido que puder. Quando você terminar suas considerações, olhar o relógio, e ver que apenas um minuto se passou, pode ficar tranquilo: você acaba de parecer um idiota.

Não faça pesquisas de mercado

Pesquisar mercado é coisa do passado, a onda agora é supor. Esqueça pesquisas elaboradas e não busque estatísticas sobre setores e mercados nos quais você pretende atuar. Se a sua meta é parecer idiota, simplesmente dê um belo chute, que estabelece um mercado de 6 bilhões de pessoas para seu produto, e aguarde as perguntas óbvias por parte da banca examinadora. Quando eles questionarem a origem dos seus dados, simplesmente faça pose de campeão e diga que você mesmo realizou uma estimativa – afinal, além de idiota você também é um especialista, correto?

Sample-Powerpoint-Karaoke-slide-e1367460451990

Coloque tudo na apresentação

Ficar pensando em roteiros e estruturas na apresentação toma muito tempo. Nesse caso, o melhor é sempre incluir tudo, mas tudo aquilo que você levantou ou escreveu sobre seu projeto. Quanto mais slides melhor e, se possível, use Arial 10 para encher suas telas de letrinhas que ninguém consegue ler. Parece um idiota é algo que fica muito mais fácil quando você mostra uma apresentação que ninguém consegue entender, então se possível também utilize cores berrantes, que tornem os textos praticamente ilegíveis.

Esqueça as comparações razoáveis

Outra maneira excelente de parecer um idiota é estabelecer comparações absurdas. Você tem uma landing page feita em HTML por uma criança de 12 anos e um logotipo do WeDoLogos, mas não seja humilde – seu aplicativo é um tipo de Facebook brasileiro, ou um LinkedIn melhorado. Humildade é para os fracos e, se você quer parecer um idiota de primeira linha, precisa romper a barreira do óbvio. Seja ambicioso – afinal, seu aplicativo de recomendação de baladas que ainda não foi sequer desenvolvido pode, sem dúvida, mudar o mundo para melhor.

Não contrate profissionais

Você está coberto de razão – seria realmente uma idiotice completa contratar profissionais para desenvolver o texto ou o design de sua apresentação, especialmente se você quer parecer um idiota. Esqueça textos elaborados e com correção gramatical ou um design que tenha equilíbrio e faça sentido. Simplesmente esteja “motivado” e “confiante” e coloque suas ideias no papel, ou melhor, nos slides. O grande segredo de uma apresentação idiota é fazer tudo na pressa e na correria. Então, se além de não recorrer a profissionais você puder deixar tudo para o dia anterior ao pitch, tanto melhor – assim, sua posição como idiota estará mais do que garantida.

 



Comentários fechados.